Menu
header photo

Para descomplicar o termo, começamos por falar na hipnose que é um estado em que a pessoa se permite relaxar e ficar meio adormecido, durante o qual o terapeuta sugere alterações de ordem emocional ao paciente. Para que o leitor tenha um exemplo que o elucide neste tema, sugiro que você imagine que está no seu local de férias favorito, num daqueles dias de sol abrasador, em que só está bem à sombra. O calor é tão forte e ao olhar a linha do horizonte consegue ver as ondas de calor. Na rádio falam de temperaturas superiores a 40º e as autoridades aconselham a usar bastante protector solar e ter muito cuidado com a exposição aos raios ultra-violeta para além de beber bastantes líquidos. É precisamente nessa altura em que você se apercebe que já não bebe nada há duas horas. Começa a sentir a boca seca e vai até um bar nas imediações. Ao chegar lá, dizem-lhe que só tem limonada fresca, você ao observar a caneca, apercebe-se da polpa de limão misturada com a água com bastante gelo. A caneca liberta um vapor de água de tão fresquinha que está e você apercebe-se que não tem a carteira consigo mas tudo o que você quer, tudo o que você precisa naquele momento é apenas de um bocadinho daquele liquido divinal.  Fazendo um pequeno aparte; se você está a salivar, parabéns. Acabou de ter uma experiência de hipnose.